domingo, 4 de julho de 2010

Chojun Miyagi


O KARATÉ DE CHOJUN MIYAGI

No início do século passado, nasceu em Okinawa um novo estilo de Karaté a que foi dado o nome de Goju-Ryu que combinava a Dureza (Go) com a Suavidade (Ju) sendo ensinado nas escolas (Ryu) onde muitas pessoas aprenderiam os benefícios de um sistema tradicional de autodefesa. A combinação destes princípios fez do Goju-Ryu uma Arte abrangente e completa, concentrando-se na eficácia dos seus movimentos de Defesa Pessoal complementando-os com a Formação Moral, tornando assim os seus alunos pessoas Física e Mentalmente sãs contribuindo assim para um Mundo Melhor. O Mestre Miyagi, fundador do Karate-Do Goju-Ryu, via as Artes Marciais como algo mais do que métodos eficazes de Defesa Pessoal, reflectindo essa maneira de pensar no estilo por si desenvolvido e tornado universal em matéria educativa que poderia ser leccionada na escola.A forma como Mestre Miyagi dedicou a sua vida ao ensino das artes marciais e do Goju-Ryu em particular, a divulgação mundial que promoveu, valeram-lhe o reconhecimento mundial e atribuição do nome "Bushi Miyagusuku" (Cavaleiro Miyagi) em Okinawa. O Mestre Miyagi era possuidor de uma enorme força física que combinava de uma forma muito agradável com a Humildade e Simplicidade, tendo sido seguramente essa a sua marca para as gerações seguintes. O Mestre Miyagi nunca lutou, mantendo-se fiel à promessa feita ao seu Mestre, de que Nunca utilizaria as artes marciais para ferir outro ser humano. O Mestre Miyagi nasceu a 25 de Abril de 1888 no seio de uma das famílias mais ricas de Okinawa que se dedicava à importação de produtos farmacêuticos, o que lhe veio a proporcionar uma aprendizagem privilegiada com o Mestre Kanryo Higashionna, e mais tarde a realização de inúmeras viagens para promoção e divulgação do Goju-Ryu.

O INÍCIO DE CHOJUN MIYAGI

Com 11 anos Miyagi começou a treinar com o Mestre de Karaté Aragaki Ryuko. Esta instrução inicial, consistia principalmente em exercícios criados para desenvolver o corpo, utilizando artesanato local como o 'Chi-shi" ( peso confeccionado com uma pedra e uma haste) , "Nigiri-game" (jarras de argila de agarrar) e Makiwara (estaca de madeira para exercitar socos) destinados ao desenvolvimento da Força Física. Depois desta sólida fundação, Miyagi levou mais tarde os princípios de desenvolvimento de força para seus próprios ensinamentos, onde inclusive ele encorajava os seus alunos a empenharem-se em treinos de força suplementares como forma de alcançar um corpo saudável promovendo assim a Cultura do Físico como alicerce de uma sociedade dotada de pessoas sãs. Com 13 anos e até aos seus 28 anos, Miyagi esteve com o seu verdadeiro Mestre Kanryo Higashionna (1853 - 1916), Mestre de Naha-Te, tornando-se seu sucessor na Arte do Naha-Te que desenvolveu, transformando-se então no Karaté Goju-Ryu. Kanryo Higashionna foi Instrutor de Artes Marciais da família real. Em 1905, Higashionna passa a ensinar os valores físicos e filosóficos da sua Arte numa Escola Secundária Pública começando-se assim a divulgação pública de uma arte marcial. Pela sua condição económica de filho de famílias ricas, Miyagi teve o privilégio de ser o único aluno de Higashionna a aprender todos os Katas do Sistema. Sob instrução de Higashionna, um aluno normalmente só executava uma única Kata durante anos tornando-se altamente eficiente nestes movimentos em particular. Como Higashionna era hóspede de Miyagi, este pôde aprender todos os aspectos do Naha-Te. Os treinos eram extremamente rigorosos, fundamentando-se no Kata Sanchin, que é uma forma de respiração que envolve tensão dinâmica. Miyagi foi um dos poucos que continuaram alunos de Higashionna, apesar dos rigores do exigente treino e do horário das aulas. Miyagi entrou para o Exército em 1908 e serviu na Quinta Divisão de Kumamoto por três anos tendo estado mais tarde na China onde aprendeu Kempo. O relacionamento de Miyagi com o seu professor era próximo, já que a sua fortuna o permitia alojar Higashionna e pagar a sua instrução.Uma vez que permanecia em constante companhia de Higashionna, Miyagi pôde aprender todos os Katas de Naha-Te sob minuciosa atenção do Mestre. Entristecido com a morte de Higashionna em Outubro de 1916, Miyagi encarregou-se das providências do funeral, tornou-se Instrutor no Centro de Treino da Polícia Okinawense, na Escola Comercial da cidade de Naha, na Escola Normal de Okinawa, e no Centro de Saúde da Prefeitura.

O DESENVOLVIMENTO INICIAL DO GOJU-RYU

As influências de estilos chineses, combinados com princípios de Naha-te, formaram mais tarde o sistema Goju-Ryu de Karaté. Tendo estudado os estilos Duros, externos, juntamente com os sistemas flexíveis, Miyagi usou o seu extenso conhecimento das Artes Marciais para desenvolver o Goju-Ryu.Acrescentando punhos fechados às formas Sanchin, Miyagi também criou o Kata Tensho (girar os punhos) para enfatizar a leveza no movimento. Como seu professor Higashionna, Miyagi acreditava severamente nos benefícios do Kata Sanchin, mas incluiu as técnicas mais leves influenciadas pela "Garça Branca" na sua instrução. Entretanto, Sanchin sempre foi o coração do Método de Miyagi, ou seja, a Forma fundamental do seu Estilo. Projectada para treinar e construir o corpo através de técnicas de respiração, a força física desenvolvida através da prática do Sanchin permanece uma característica que distingue o OKINAWA GOJU RYU tradicional de outros estilos menos físicos. As 12 Kata originalmente ensinadas por Miyagi, que têm origens chinesas, são ainda hoje a base do Goju-Ryu, apesar dos nomes variarem nas traduções do Chinês para o Japonês ou para o Inglês ou Português.Os movimentos contidos nas Katas Goju-Ryu têm o propósito de auto defesa e são essencialmente constituídos por bloqueios curtos, circulares, fortes chaves e aprisionamentos, eficientes manobras de socos, e técnicas de pontapés focalizados para a baixa região do corpo, caracterizando assim a Arte que Miyagi tão cuidadosamente desenvolveu. Como Professor, Miyagi era muito severo e dava enorme ênfase ao ensino básico. Seu Dojo era na verdade um pátio cercado por muro de pedras e iluminado por candeeiros a óleo, onde as Kata eram ensinadas passo a passo e os alunos não passavam ao próximo movimento até aprenderem o anterior.Miyagi não aceitava pagamentos pela sua instrução e não promovia os seus alunos, uma vez que não havia, naquela época, sistema de graduações.O sistema de graduação da Arte de Miyagi foi desenvolvido após a sua morte em 1953. Enquanto Miyagi era procurado para instrução por muitos alunos com potencial, não eram muitos os que continuavam com ele, devido aos procedimentos extremamente exigentes que compunham o regime original de treino do Goju-Ryu.Exigindo de seus alunos tanto quanto de si mesmo, Miyagi ensinava de uma maneira intensa, que contradizia com a sua natureza gentil.

PROMOVENDO O KARATÉ E DANDO NOME À ARTE

Exemplificado pelas suas demonstrações e desempenhos públicos perante a realeza, parece que a principal meta de Miyagi era consciencializar as pessoas dos benefícios de se estudar uma Arte Marcial. Em 1921, Miyagi impressionou o Príncipe da Coroa "Hirohito" com uma demonstração de Naha-Te que fazia parte da cerimónia, marcando a passagem do príncipe na Baía Nakagusuku em Okinawa no seu "tour". Quatro anos mais tarde, Miyagi foi igualmente impressionante na sua performance para o Príncipe Chichibu. À medida que se tornava mais famoso, Miyagi pôde conhecer pessoas que poderiam ajudá-lo a realizar o seu desejo de abrir as Artes Marciais de Okinawa ao público. O fundador do Goju-Ryu também expressou a sua opinião de que o Karaté não poderia crescer unicamente com Kata clássicos e que novos Kata deveriam ser desenvolvidos para ajudar o público a aprender a Arte Marcial.Miyagi recebeu uma medalha por excelência nas Artes Marciais do Ministério da Educação do Japão em 1936 tendo-se também tornado o primeiro Mestre em Karaté a receber o Título de Kyoshi (Professor Perito) do Dai Nippon Butokukai. Mestre Miyagi ensinou no Japão pela última vez em 1943, quando proferiu uma Palestra em Kyoto, na Universidade Ritsumeikan. Pouco tempo depois a instrução de Karaté foi interrompida pela guerra. Jinam Shinzato, antigo aluno de Miyagi, foi morto durante o início da Batalha de Okinawa em 1945, e o terceiro filho de Miyagi, Jun, também morreu neste sangrento conflito. De acordo com Seikichi Toguchi, que estudou com Miyagi e Seiko Higa, foi em 1952 ou 1953 que Miyagi se tornou Presidente do Goju Ryu Shinko Kai, uma Organização que foi criada com o propósito de promover a Arte.Mestre Miyagi morreu de Ataque Cardíaco em 8 de Outubro de 1953, com 65 anos de idade. Dado que a sua morte foi tão repentina, não havia sucessor oficial do Goju-Ryu nomeado. Seiko Higa, que sempre foi mais considerado como Assistente de Miyagi do que como aluno, foi aceite como sucessor do Mestre por todos os alunos antigos e continuou a ensinar o Goju-Ryu até à sua morte em 1966.

CONTINUANDO A TRADIÇÃO

Após a morte de Miyagi, os seus alunos mais antigos formaram uma Associação conhecida como ALL OKINAWAN GOJU KAI, que era uma reorganização do Goju Ryu Shinko Kai e um sistema promocional de graduação para a Arte já estabelecida. Yagi, Toguchi e Miyazato adoptaram a graduação de Cinto Preto HACHI (8º) Oitavo Dan e várias escolas de Goju Ryu foram abertas, com Yagi ensinando na escola MEIBUKAN, Toguchi na SHOBUKAN e Miyazato na JUNDOKAN. Yagi, como segundo aluno mais antigo de Miyagi, após a morte de Jinan Shinzato, veio a herdar o Gi (uniforme) e o Cinto Preto do Mestre, recebendo-os da Família Miyagi em 1963. Mais tarde, todos os três antigos alunos de Miyagi, como líderes de suas respectivas organizações de Goju-Ryu, foram elevados à graduação de Cinto Preto Décimo (10º) Dan. No Japão o desenvolvimento do Goju-Ryu tem a sua génese na Universidade Ritsumeikan onde Chojun Miyagi ensinou como já referido anteriormente, tendo dado origem a duas escolas fundamentais que ainda hoje perduram como as mais importantes e que são a GOJU-KAI do Mestre Gogen Yamagushi, igualmente 10º Dan, que faleceu em 1989 com 80 anos de idade e a SEIGOKAN, a maior organização de Goju-Ryu do Japão na década de 60, com mais de 200.000 membros, do Mestre Seigo Tada, 8º Dan, que faleceu em Setembro de 1997 aos 76 anos de idade, também de ataque cardíaco. Ambos ainda leccionavam a Arte até à véspera do seu falecimento. Como um dos mais populares sistemas de Karaté hoje em dia, o Goju-Ryu é agora aceite em todo mundo conjuntamente com o Shotokan, Wado-Ryu e Shito-Ryu como os estilos mais difundidos e conhecidos, a que se vão juntando progressivamente outros estilos e escolas igualmente tradicionais mas menos conhecidas como o Uechi-Ryu, Shorin-Ryu, Chito-Ryu e outras.

0 comentários:

Enviar um comentário

Loading...
 
Copyright © 2009 Seigokan Angola Dojo All rights reserved. Powered by Blogger
Anshul. Sponsored by: Premium Templates | Premium Wordpress Themes. Distributed by: Blogger Template